Ângela Lopes Bancada Mulheres Visíveis

Ângela Lopes Bancada Mulheres Visíveis

50999 | PSOL

são carlos/sp

sara bononi bancada mulheres visíveis

Principais áreas de atuação: Cultura, LGBTQIAP+, Direitos Humanos

ANGELA LOPES. Travesti. Transfeminista. Moradora da periferia. Ex-gestora de Políticas para a Diversidade Sexual e de Gênero da Prefeitura Municipal de São Carlos-SP. Defensora dos direitos da população LGBTQI+. Foi uma das articuladoras da campanha nacional Sou Trans e Quero Dignidade e Respeito. Autora do Programa de Inclusão e Diversidade no Espaço Corporativo. Membra da Comissao de Diversidade Sexual e de Gênero da OAB São Carlos. Estudou direito, e está em uma candidatura coletiva, a Bancada Mulheres Visíveis, com Sara Bononi e Cláudia Alves.

Monica Benício | Rio de Janeiro – RJ

Monica Benício | Rio de Janeiro – RJ

50333 | PSOL

Rio de Janeiro/RJ

Mônica Benício

Principais áreas de atuação: Direitos Humanos, LGBTI+, Direito à cidade

Monica Benicio, 34 anos, é ativista de direitos humanos e militante LGBTI+. Arquiteta urbanista formada pela PUC-Rio, onde também se tornou Mestre em arquitetura na área de “Violência e Direito a Cidade”. Nascida e criada na favela da Maré no Rio de Janeiro. 

Desde a execução de sua companheira Marielle Franco, em 14 de março de 2018, Monica tem se dedicado na luta por justiça para este crime bárbaro e se tornou referência internacional em defesa dos direitos humanos.

campanhalgbtqiap+@gmail.com

Petra da Bancada | Salvador – BA

Petra da Bancada | Salvador – BA

13110 | PT

Salvador/BA

Petra da Bancada

Principais áreas de atuação: Cultura, LGBTQIAP+, Mulheres, Política Racial, Direitos humanos, urbanismo, política de drogas, assistência social, saúde, comunicação.

Petra Perón milita na luta antirracista, feminista e se filou ao Partido dos Trabalhadores (PT) para refletir junto a comunidade evangélica o atual momento que vivemos. Jamerson Silva é publicitário, músico, produtor cultural e militante do movimento negro. Raimundo Gonçalves dos Santos é Bacharel em Filosofia e milita no movimento negro desde 1970. Sidney Argolo além de militar no movimento negro, acredita também que a pauta dos direitos humanos e LGBTQIAP+ caminham juntos. Chênia da Anunciação é mulher negra, Enfermeira, Historiadora e Servidora Pública Muncipal. Ninaiara Silva ou apenas Nina é Professora, Educadora, Pesquisadora, militante do movimento Negro, defende os direitos da mulher e dos deficientes auditivos e visuais. Yuna Vitória é jovem, Estudante de Direito, é mulher trans, mãe e ativistas dos direitos LGBT’s. Rafael Pedral interpreta a personagem drag Petra Perón que potencializa ainda mais o debate LGBTQIAP+.

Juntos, todos compõe uma proposta de mandato coletivo, participativo, que represente com contundência os direitos das mulheres, da periferia e do povo preto.

campanhalgbtqiap+@gmail.com

Benny Briolly | Niterói – RJ

Benny Briolly | Niterói – RJ

50777 | PSOL

NITERÓI/RJ

benny briolly

Principais pautas: Periferia, transfeminismo, antirracismo, cultura

Mulher preta, travesti, de axé e militante de direitos humanos. Benny Briolly cresceu no Fonseca, bairro da Zona Norte de Niterói/RJ e morou na Caixa D’agua, na Palmeira e em outras favelas da região. Atualmente no Morro da Penha, Ponta D’areia, mora e se organiza politicamente como militante do PSOL. É também fundadora do movimento Orgulho e Luta Trans (OLT) que pensa políticas para a população trans e em zona de prostituição em Niterói e São Gonçalo. Durante a pandemia o grupo realizara ações solidárias e de suporte com travestis e transexuais.

Benny foi a primeira assessora trans na Câmara de Vereadores de Niterói, como assessora parlamentar da mandata da deputada federal Talíria Petrone. Ocupando este espaço pôde perceber o quanto é excludente para pessoas não-cis, principalmente para as mulheres trans pretas faveladas. Foi lá também que adquiriu conhecimento e habilidades que a fortalecem agora em sua candidatura. Junto é claro, com as ferramentas que aprendeu a utilizar na faculdade de jornalismo, onde chegou a mobilizar um levante dos estudantes contra o aumento das mensalidades.

campanhalgbtqiap+@gmail.com

De Lucca | São Paulo – SP

De Lucca | São Paulo – SP

13000 | PT

são paulo/sp

de lucca

Principais pautas: Cultura, Direitos Humanos

Jornalista nascido em São Bernardo do Campo e ativista político desde a juventude, trabalhou na Secretaria de Comunicação da Paraíba. Fundador do Palmeiras Livre, coletivo que se posiciona contra a homofobia, o racismo e o machismo, nos estádios e fora deles. Guia gay incluiu De Lucca como um dos gays mais influentes do Brasil por 2 anos seguidos, e as lutas que sempre fez, em defesa da população LGBTQIAP+, antirracismo, em defesa da vida das mulheres entre outras pautas importantes para a cidade de São Paulo, como nas áreas de educação, saúde e segurança, por isso está candidato à vereador em 2020!

campanhalgbtqiap+@gmail.com

Marilandia Frazão Negras Vozes

Marilandia Frazão Negras Vozes

50000 | PSOL

NITERÓI/RJ

deia zulu – negras vozes

 

Principais áreas de atuação: Antirracismo, Movimento Negro, Educação, feminismo

Marilândia Frazão é Professora Pedagoga e Psicopedagoga, Sindicalista e Especialista em Educação Étnica Racial, atuou também na inserção da temática negra durante a gestão de Marta e Haddad em SP. Déia Zulu é formada em relações públicas e pós graduada em marketing e relações de consumo, e Regina Conceição é formada em Direito e cursa pós graduação em Direito do Trabalho na USP, faz parte da Confederação dos Negros do Brasil (CONEBRAS) todas são da periferia de São Paulo e juntas em nome de um projeto feminista, de esquerda e popular para ocupar a Câmara de São Paulo!

campanhalgbtqiap+@gmail.com