Monica Benício | Rio de Janeiro – RJ

Monica Benício | Rio de Janeiro – RJ

50333 | PSOL

Rio de Janeiro/RJ

Mônica Benício

Principais áreas de atuação: Direitos Humanos, LGBTI+, Direito à cidade

Monica Benicio, 34 anos, é ativista de direitos humanos e militante LGBTI+. Arquiteta urbanista formada pela PUC-Rio, onde também se tornou Mestre em arquitetura na área de “Violência e Direito a Cidade”. Nascida e criada na favela da Maré no Rio de Janeiro. 

Desde a execução de sua companheira Marielle Franco, em 14 de março de 2018, Monica tem se dedicado na luta por justiça para este crime bárbaro e se tornou referência internacional em defesa dos direitos humanos.

campanhalgbtqiap+@gmail.com

Petra da Bancada | Salvador – BA

Petra da Bancada | Salvador – BA

13110 | PT

Salvador/BA

Petra da Bancada

Principais áreas de atuação: Cultura, LGBTQIAP+, Mulheres, Política Racial, Direitos humanos, urbanismo, política de drogas, assistência social, saúde, comunicação.

Petra Perón milita na luta antirracista, feminista e se filou ao Partido dos Trabalhadores (PT) para refletir junto a comunidade evangélica o atual momento que vivemos. Jamerson Silva é publicitário, músico, produtor cultural e militante do movimento negro. Raimundo Gonçalves dos Santos é Bacharel em Filosofia e milita no movimento negro desde 1970. Sidney Argolo além de militar no movimento negro, acredita também que a pauta dos direitos humanos e LGBTQIAP+ caminham juntos. Chênia da Anunciação é mulher negra, Enfermeira, Historiadora e Servidora Pública Muncipal. Ninaiara Silva ou apenas Nina é Professora, Educadora, Pesquisadora, militante do movimento Negro, defende os direitos da mulher e dos deficientes auditivos e visuais. Yuna Vitória é jovem, Estudante de Direito, é mulher trans, mãe e ativistas dos direitos LGBT’s. Rafael Pedral interpreta a personagem drag Petra Perón que potencializa ainda mais o debate LGBTQIAP+.

Juntos, todos compõe uma proposta de mandato coletivo, participativo, que represente com contundência os direitos das mulheres, da periferia e do povo preto.

campanhalgbtqiap+@gmail.com

Fabrício Rosa | Goiânia – GO

Fabrício Rosa | Goiânia – GO

50123 | PSOL

Goiânia/GO

Fabrício Rosa

Principais áreas de atuação: Direitos Humanos, Infância, LGBTQIAP+, Política de Drogas, Segurança Pública

 

Policial Rodoviário Federal, oficial da reserva da Policia Militar, Professor de Direitos Humanos e Ética. Compõe diversos coletivos que militam pelos direitos das crianças, da juventude, das LGBTQIAP+ e por uma política de drogas que seja mais consciente.

Agora, Fabrício Rosa, está candidato a vereador em Goiânia, GO, para aprofundar sua militância por uma politica participativa, que represente os interesses da população pobre e que reflita as principais questões da cidade.
Goiânia tem opção socialista e ligada aos movimentos sociais para a Câmara de Vereadores nesta eleição.

campanhalgbtqiap+@gmail.com

Jaime Rodacoski | Jundiaí – SP

Jaime Rodacoski | Jundiaí – SP

50024 | PSOL

Jundiaí/SP

Jaime Rodacoski

Principais áreas de atuação: Direitos Humanos, LGBTQIAP+, Educação

Professor, Pesquisador, Biólogo, Mestrando em Ensino de Biologia e está candidato a vereador na cidade de Jundiaí para aprofundar a luta por mais representatividade da comunidade LGBTQIAP+ nos espaços de poder.

Jaime entende que diante do avanço da extrema-direita e da chegada ao poder de um governo com posturas fascistas, é fundamental fortalecer as disputas institucionais e, além disso, apresentar para a sociedade um mandato participativo, popular, que paute a igualdade e que faça a defesa intransigente dos Direitos Humanos.

campanhalgbtqiap+@gmail.com

Guilherme Cortez | Franca – SP

Guilherme Cortez | Franca – SP

50000 | PSOL

Franca/SP

Guilherme Cortez

 Principais áreas de atuação: Direitos Humanos, Juventude, LGBTQIAP+, Meio Ambiente, Educação

Do bairro da Vila Tótoli, cursa o último ano de Direito na UNESP, é professor de cursinhos pré-vestibular e estagiário. Aceitou o desafio de ser candidato porque acredita na necessidade de renovação na Câmara de Franca.

 

Esteve à frente das principais mobilizações que aconteceram na cidade nos últimos anos, como as manifestações em defesa do ensino público, do meio ambiente e contra a reforma da Previdência no ano passado, assim como das campanhas e ações do PSOL na cidade. Sua militância em defesa da educação e dos direitos humanos o tornaram uma referência para centenas de jovens e ativistas de Franca e de todo o estado de São Paulo, mas também lhe renderam ameaças e perseguições, como a censura de sua coluna no jornal Verdade, que não foram suficientes para silenciar sua luta. Seu papel em todos esses movimentos o legitima para encampar mais esse desafio.

 

 

campanhalgbtqiap+@gmail.com